Primeira Fase da Maratona de Programação 2010

No último Sábado (18 de Setembro), aconteceu a primeira fase da maratona de programação. A regional de Campinas aconteceu na PUC-Camp, como no ano passado. Diferentemente do ano passado, o ITA não veio (foi para a sede de São Paulo) e o ICMC voltou (ano passado eles tinham ido pra São Paulo).

Saímos logo de manhã da frente do IC1-2 em uma van fretada pelo instituto. Chegamos lá na PUCC um pouco cedo, com os organizadores ainda preparando o ambiente.

Às 10h00 começou o aquecimento (warmup). O aquecimento é uma prova de 1h com dois problemas fáceis, com a finalidade de testar e se familiarizar com o sistema. Pelo terceiro ano consecutivo o problema “Dama” caiu no warmup. Nesse problema tem que dizer, dado um tabuleiro de xadrez, qual o menor número de movimentos para levar a rainha de uma posição inicial a uma posição final (esse problema está no SPOJ-Br). O outro problema era o seguinte: dadas N tábuas de comprimento variado e largura fixa, encontrar o menor número de tábuas necessárias para construir um retângulo n por m posicionando as tábulas lado a lado com mesma orientação (i.e. todas de “pé” ou todas “deitadas”). Não é possível serrar nenhuma tábua e só é possível juntar duas tábuas para aumentar seu comprimento. Esse problema é relativamente simples, mas nenhum time o resolveu! O pessoal do Unicamp Alpha argumentou que foi por causa da lenda de que quem ganha o warmup não ganha a competição.

Organizadores com dificuldade pra colocar a faixa

Depois disso fomos almoçar na praça de alimentação da PUCC (O organizador do evento também sugeriu que fôssemos andando até o Shopping D. Pedro!).

Às 14h começou a prova, contendo 11 problemas. Eu e o Alessandro, o reserva dos times, ficamos na sala dos coaches, de onde dava para ver os competidores. Rapidamente começaram a surgir balões para o problema A e o problema J. A partir daí o time Unicamp Alpha e o Dona Margarida do ICMC começaram a disputa pelo primeiro lugar. O time Unicamp Beta ficou embolado com três outros times do ICMC, além do time de Sorocaba. Ao congelar o placar (com 4h de prova), o Dona Margarida estancou em 6 problemas e o Unicamp Alpha continuou ganhando balões até chegar em 9. Logo atrás havia dois times do ICMC com 6 e o Unicamp Beta e o time de Sorocaba com 5. Nesse momento estávamos classificando 2 times para a final, devido à regra de só poderem ir dois times por faculdade. Porém, a qualquer momento o time de Sorocaba poderia passar um problema. Durante a última hora, muita coisa aconteceu. A equipe Dona Margarida passou 3 problemas e alcançou o Unicamp Alpha e até ficamos preocupados de perder o primeiro lugar. Além disso, o Unicamp Delta, passou dois problemas e acabou deixando pra trás o Unicamp Beta e o time de Sorocaba.

O placar na nossa regional ficou o seguinte:

1. Unicamp – Alpha, 9 problemas (Douglas Santos, Igor Assis, Paulo Costa)

2. ICMC – Dona Margarida, 9 problemas

3. ICMC – Capitão Ad Hoc, 7 problemas

4. ICMC – HEAP HEAP ARRAY, 6 problemas

5. Unicamp – Delta, 6 problemas (Alex Brandt, Igor Wolff, Patrícia Hongo)

6. Unicamp – Beta, 5 problemas (Bruno Crepaldi, Ruan Silva, Thiago Cavalcante)

7. Sorocaba – De última hora, 5 problemas

12. Unicamp – Gamma , 3 problemas (Charles Garcia, Felipe Fleming, Thiago Santos)

Ninguém fez os problemas G e K na nossa sede, mas em outras sedes no Brasil sim. Porém, ninguém chegou a gabaritar a prova. Um pessoal organizou o placar nacional nessa planilha.

Quase ao mesmo tempo em que ocorreu a prova, houve um contest com os mesmos problemas no site de Valladolid aberto ao público. Lá, 6 pessoas fecharam a prova >.<

No geral achei que fomos bem. Esse ano tivemos uma renovação considerável nos times. Prova disso é que excetuando-se o Paulo e o Igor do primeiro time, todos os outros competidores são primeiro ou segundo-anistas. No Unicamp Delta o Igor e a Patrícia são bixos da Engenharia.

Competidores, reserva e coach reunidos.

Depois da prova fomos ao Shopping D. Pedro jantar e, lógico, discutir sobre a prova :)

Agora é treinar até a final, em Joinville!

7 respostas a Primeira Fase da Maratona de Programação 2010

  1. VB diz:

    Kunigami, explica melhor o problema das damas (e não rainhas, pelamordedeus!), por favor? Existem outras peças no tabuleiro?

  2. kunigami diz:

    Haha! Não tinha me tocado que o problema chamava ‘Damas’ mas usava ‘Rainhas’. Achei o problema nesse site http://br.spoj.pl/problems/DAMA/ (vou atualizar o post).

  3. kunigami diz:

    Aliás, o nome do problema não é “Damas”, e sim “Dama”. Acho que isso minimiza a confusão. Entretanto, eu nunca tinha visto a rainha ser chamada de dama.

  4. VB diz:

    Bem, no jogo de xadrez não existe rainha, e sim dama. (Em inglês é Queen mesmo!)

    Valeu pelo link! Vou brincar com o problema mais tarde (e já que estávamos falando de nomenclatura, no link está Kary Gasparov, mas é Garry Kasparov).

  5. Terry diz:

    Kunigami, onde posso encontra a resolução em C do problema “ir e vir” (come and go), por favor?

%d bloggers like this: