Kindle

Faz algum tempo já que comprei um Kindle da Amazon. Embora não leia com muita frequência, das vezes que precisei (longas esperas em aeroportos, dentro do avião), ele foi uma aquisição útil.

Nesse post vou comentar minhas impressões e registrar respostas para dúvidas que tive ao comprar o aparelho.

Vantagens

A principal vantagem de um leitor como o Kindle sobre tablets é o uso do e-ink. Por causa dessa tecnologia o Kindle não precisa de luz para exibir o texto, mas por outro lado é necessário luz ambiente para poder usá-lo, da mesma forma que um livro de papel. Isso permite um maior tempo de leitura sem que a vista fique cansada.

O aparelho possui uma película protetora fosca para reduzir o reflexo. Entretanto, ainda acho um pouco incômodo quando há uma fonte de luz muito próxima incidindo diretamente na tela, como por exemplo uma luminária de mesa ou mesmo as lâmpadas dos aviões.

Outra grande vantagem do uso do e-ink é a duração da bateria. Se o wi-fi estiver desabilitado, um Kindle pode ficar mais de um mês sem recarregar.

Formatos aceitos

O Kindle possui um formato próprio, o .azw, enquanto o formato padrão dos livros não comprados pela Amazon é o .mobi, que também é aceito, além do .txt.

Ele aceita arquivos .pdf também, mas minha experiência não é muito boa com a versão de 6 polegadas. Como o Kindle não reconhece o texto do pdf, o melhor que ele pode fazer é diminuir a escala para a página caber na pequena tela. Outra possibilidade é manter o tamanho original, mas aí provavelmente será preciso scroll horizontal (mesmo visualizando no modo paisagem), o que dificulta o fluxo de leitura. Talvez com a versão DX, de 9.7 polegadas em modo paisagem esse problema seja evitado.

Rede Wi-fi

O Kindle usa wi-fi para baixar os livros armazenados na Amazon. Existe um navegador embutido onde é possível acessar alguns sites como Wikipedia e também fazer compras diretamente pelo site da Amazon. Existem versões que usam 3G.

É possível ainda fazer a transferência de arquivos por um cabo USB.

Funcionalidades

Além do navegador, existem algumas funcionalidades do software embutido no Kindle:

* Dicionário – procura o significado de uma palavra no dicionário simplesmente posicionando o cursor sobre a mesma (o dicionário inglês já vem instalado, mas é possível instalar dicionários em outras línguas);

* Conversor de texto para voz: funciona com quase qualquer formato no qual o Kindle seja capaz de reconhecer as palavras (por exemplo .txt, mas não .pdf). O som fica “robotizado”, mas não dá pra fazer milagre com um conversos automático;

Livros

Existem muitos títulos disponíveis gratuitamente na internet, principalmente aqueles mais antigos. Outra possibilidade é baixar textos na web longos demais para se ler em um computador. Alguns aplicativos como o instapaper fazem um trabalho razoável em converter em formato aceito pelo Kindle.

Adquirir livros pela Amazon é bem simples. A principal dificuldade para estrangeiros é a necessidade de um cartão internacional. Descobri que a Amazon também aceita cartões pré-pagos internacionais, como o travel money, que é uma opção mais segura.

Os livros comprados ficam armazenados na nuvem associados à sua conta, então você pode trocar de aparelho ou ler os livros no aplicativo Kindle para computador sem ter que adquirir novas cópias.

Leitura adicional

[1] Garota sem fio – Review Kindle

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: